segunda-feira, 8 de agosto de 2011

Conto: A Queda- PARTE II

A Queda 

Vinte e duas horas antes. 
_Anna, eu amo você!
Ele acariciava levemente o rosto dela com as pontas dos dedos, olhos fixos nos seus. Anna sentia o coração acelerado, o ar suspenso em seus pulmões. O tempo estava estático.
Ela sempre soube que ele a amava, mas era a primeira vez que ele dizia em voz alta.
_Porque esperou tanto tempo pra me dizer? Porque agora?
_Me desculpe, me sinto mal pelo Jorge! Somos amigos, eu não quero magoá-lo. Afinal, você era namorada dele!
Anna se afastou de súbito, virou-lhe as costas e caminhou até a areia fitando o mar. A noite estava fria, a brisa salgava-lhe os cabelos e as ondas quebravam ao longe, uma grande extensão de areia à sua frente. Miguel veio até ela, abraçou-a por trás, sua respiração leve chegou ao ouvido dela. Nesse momento ela se sentiu segura, inocente e feliz.
Jamais quis magoar Jorge, mas deixara de amá-lo, ficaram amigos. Eram todos amigos, estavam sempre juntos, mas agora sabia que amava Miguel há muito tempo. Talvez tempo demais!
Sentia-se entre eles, entre a amizade deles. Sentia-se como uma ponte que liga dois pontos distintos; diferentes, para escolher um lado deve dar as costas ao outro.
Ouvindo Miguel falar, sabia que seria difícil para Jorge, queria que ele soubesse por ela. Sabia que tudo mudaria. Será que ainda seriam amigos?
A voz dele arrancou-a das preocupações que lhe afligiam a alma.
_Anna, lembra quando a gente se conheceu? Você se interessou por um livro que eu estava lendo e veio logo puxando assunto. Quando eu olhei pra você, pensei em mil coisas ao mesmo tempo, uma delas foi te chamar pra sair. Mas não chamei!
_É, não chamou!- Disse Anna, tristemente, as lembranças surgindo como lentas ondas. Já haviam se passado três anos que se conheceram naquela livraria.
E desde então um estava na vida do outro!   

                         Continua...
                                     Anita dos Anjos



Estou lendo O Retrato de Dorian Gray de Oscar Wilde; a estória de um belo rapaz, que vê seu retrato envelhecer, enquanto ele se mantém jovem.
Este livro chocou a sociedade inglesa no século XIX. É uma discussão fascinante sobre a arte, a vida e a moral.



18 comentários:

  1. §Anjo§ vc me surpreendeu, por essa eu não esperava, mais uma pessoa na história.. ficou perfeitos todos esses sentimentos detalhados, e histórias como essa acontecem na vida real também.. que difícil decisão..
    Anciosa pela continuação..

    Um beijo pra vc!

    ResponderExcluir
  2. Ahhh... que vira volta na minha cabeça, nem eu imaginava isso, agora é esperar e ver no que vai dar, até agora estou amandooooo... vc sabe se expressar irmã... te amooo muitoo, viu!! Bjs

    ResponderExcluir
  3. O sentimento dos personagens é incrível... Parabéns esta muitooooo bom.... esperando o próximo capitulo....quero saber o que vai acontecer com a Anna...

    ResponderExcluir
  4. Em primeiro lugar, está ficando lindo essa história, cada vez eu gosto mais. Quanto ao livro " O retrato de Dorian Gray", eu gosto muito e já li várias vezes.
    Respondendo a sua pergunta: sim, Pétalas ao Vento é um livro que escrevi de poesias, sendo que é meu segundo livro. Você deveria lê-lo, muito bom.
    Obrigado pela visita, quero te convidar a aparecer mais vezes.

    Um forte abraço.

    Marcos Alderico

    ResponderExcluir
  5. A história tá perfeitaaaaaaaaaaa
    adoro!!!
    aguardando o outro post *------*
    bjoos

    ResponderExcluir
  6. Hummm...
    fiquei curiosa!
    Esperando o próximo post!

    ResponderExcluir
  7. Emoção...emoção... fico na expectativa.

    Agradeço pelo carinho de sua visita.

    Linda tarde!

    Bjs :)

    ResponderExcluir
  8. Nossa, muito interessante. Parece que isso sempre acontece com a gente um dia. Ter um amigo que desejava ser mais que um amigo. ^^ Ah, e eu quero trocar banners sim!! ^^
    Boa quinta.
    :X

    ResponderExcluir
  9. Lindoooooo!!!
    Amei o texto,
    Adorei o blog!!!

    Voltarei mais vezes!!!

    Seguindo vc!!!

    Kah

    ResponderExcluir
  10. Adoro visitar seu magnifico cantinho sempre e ler suas ótimas postagens.
    Te desejo um lindo fim de semana de muita diversão e descanso!!!
    Beijos da Giza

    ResponderExcluir
  11. Obrigada pela visita! Um post maravilhoso!Seu blog é nota 10! Acabo de atualizar!Passa lá! Beijos e bom fim de semana! Alê

    ResponderExcluir
  12. Nossa! Que máximo! Vou ficar ligada nessa série, me parece muito boa!
    Parabéns, você escreve muito bem! Gostei muito do blog, sucesso!

    www.iampurplepineapple.com

    ResponderExcluir
  13. Olá Anita, obrigado por elogiar e também tenha certeza que estou te seguindo!!!

    Gostei bastante de seu blog e já postei entre os recomendados.


    Acompanharei suas postagens.

    http://agoracarpediem.blogspot.com/

    Bruno Bonilha

    ResponderExcluir
  14. To adorando o conto,anciosa pela continuação
    bjus

    ResponderExcluir
  15. Querida amiga! OBRIGADA! Sempre que venho por aqui, amo! ADORO o seu blog! E seus contos deixam sempre aquele gostinho de sim, quero mais e mais!


    Beijosssssssssssssssssssssssss

    ResponderExcluir
  16. Ei Anijinho? Sumimos mesmo, rs, obrigado demais pelos seus elógios, nem é assim, ainda me acho com rimas bobas, só crescendo um puquinhos, rs... Vamos lá, não sei se o resto do conto já está pronto na sua cabeça, mas se já estiver tenho certeza q vai ser surpreendente, é o q espero qndo leio, surpresas! Bjão, vê se não some tanto assim, desde sua última visita acho q postei uns 4 ou 5 poemas...rsrs.... fica sempre a vontade lá... bjão!

    ResponderExcluir
  17. Olá amoré obrigado por esta me seguindo. Boom amei amei amei história Parabens pelo blog esta um arrazo
    Bjks '-'

    ResponderExcluir

Comentários: combustível do blogueiro!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...