terça-feira, 16 de agosto de 2011

Conto: A Queda- PARTE III



A Queda Parte III

 Ficaram abraçados fitando o mar, a noite fria os envolvia, mas havia um calor intenso entre ambos. Estavam juntos, afinal!
Mas tarde ao se despedirem, Anna o abraçou fortemente, não queria ir pra casa, não queria dormir. Estaria sonhando?
Seus olhos mel o fitaram longamente, e ela se pegou imaginando como pudera se enganar tanto. O medo de reconhecer o que havia em seu coração, a fez prolongar o sofrimento de todos, arrependeu-se de não ter permitido arriscar-se antes. Talvez fosse por causa de Jorge, mas agora diante de Miguel, sentiu que não poderia fugir desse sentimento nem se quisesse.
 Não estava conseguindo dormir revivendo em sua mente tudo que estava acontecendo. Deitada em sua cama, passou os dedos pelos lábios, fechou os olhos; os lábios de Miguel estavam nos seus; ela sorria e seu coração estava acelerado, uma lágrima desceu pelo rosto, sentia uma felicidade imensa. Amava-o, desejava estar em seus braços, ser feliz.
 Acordou tarde, revirando-se, jogou as cobertas para fora da cama, olhou o teto por um segundo, depois olhou as horas. _Que droga!- resmungou. Havia perdido uma entrevista de emprego! 
Sorriu, relembrando a noite passada. _Ele me ama! Ele me ama!- repetia para si mesma.
 Por volta das dez horas o telefone tocou, pela insistência era alguém conhecido, Anna correu pra atender, pensou que fosse Miguel, mas era Jorge. Eles não se falavam há dias.
_Alô, Jorge...
_Oi Anna, como você está?
_Oi, tudo bem e você?
_Tudo bem, estou com saudades, vou passar aí mais tarde, quero te ver!
_Ah, Jorge, eu não sei se vou estar em casa mais tarde. Vamos deixar pra depois? O que acha?
_O que houve? Aconteceu alguma coisa? Você parece estar me evitando!
_Não é nada disso, só ando ocupada, mil coisas na cabeça, você sabe! Eu também quero te ver e precisamos conversar, mas hoje não!
_ Então...! Tchau!
_Tchau!- ao desligar, Anna sentiu-se mal, como se estivesse cometendo um crime, estava protelando essa conversa com Jorge, sabia que teria que dizer a ele que estava apaixonada por Miguel, que estariam juntos.
 Não queria magoá-lo, não queria que Jorge deixasse de ser seu amigo ou pior, não queria que eles brigassem por causa dela. De repente sua felicidade esvaeceu-se, como poderia ser feliz sabendo que isso faria Jorge sofrer.
Ele não queria terminar o relacionamento, ele a amava, mas ela o amava apenas como amigo, um amigo muito querido.
Estava confusamente irritada por não ter dito a ele antes, mas temia fazê-lo sofrer, agora sabia que era inevitável, quanto antes ele soubesse, melhor. Por hora, queria esquecer os problemas, esquecer o mundo, e apenas sentir o amor que a consumia, queria que a felicidade inundasse sua alma. Nunca havia sentido algo assim; ao mesmo tempo em que sorria, queria chorar. Estaria amando?
 No horário do almoço estava se arrumando pra sair, iria ao centro da cidade para entregar alguns currículos, passaria no curso e depois iria à casa de Miguel.
Estava colocando as botas quando a campainha tocou, levantou-se desajeitada e apressadamente pulando em um pé só foi atender a porta, para sua surpresa era Miguel!
 Eles se olharam e num instante seus lábios estavam buscando-se, ele a enlaçou pela cintura e a trouxe mais para junto de si. Ela o abraçou, uma de suas mãos acariciando levemente a nuca dele. Anna deixou-se consumir pela saudade de estar nos braços dele, aquela saudade absurda que você sente de alguém que viu há poucas horas atrás, mas que se parece com anos. O beijo aprofundou-se.
 Jorge surgiu na entrada do quintal, vinha caminhando de cabeça baixa, surpreendeu-se ao ver Miguel e Anna se beijando.
Aturdido, gritou:
_Anna!
O encanto foi quebrado pelo grito grave de Jorge, Anna e Miguel se afastaram subitamente, ambos encararam Jorge; uma lágrima descendo pela face avermelhada.
                     Continua...      
Anita dos Anjos


“...E de te amar assim, muito e amiúde
É que um dia em teu corpo de repente
Hei de morrer de amar mais que pude.”
Trecho do Poema: Soneto do amor total de Vinicius de Moraes



27 comentários:

  1. Nossa..

    Quanta confusão!

    Infelizmente a verdade sempre aparece né?

    Aguardo a continuação.. quero saber o que Jorge vai fazer.. curiosa!

    bjuu

    ResponderExcluir
  2. Quando mais eu leio mais eu gosto.... vai ter briga?
    o.O
    100% curiosa
    Bjoss

    ResponderExcluir
  3. Que safada... por que não terminou com o cara antes de sair por aí se agarrando, ara gente, antes de mergulhar em outra paixão, termine, se ela diz que gosta tanto do Jorge e se preocupa com ele, como pode fazer isso? Se eu fosse Jorge dava umas porradas no Miguel... rsrsrsrsrs... Bjs te amo!!

    ResponderExcluir
  4. Jane, eles já haviam terminado, mas Jorge não queria o fim do namoro, Anna só demora para contar pra ele, pois ambos são amigos de Miguel, o que ocasionaria um mal estar!

    ResponderExcluir
  5. "Pelamordedeus", menina, escreva logo o desfecho desta história. Eu é que estou me consumindo em curiosidade. Você escreve com uma cadência gostosa de se ler. Não há o que se possa querer influenciá-la. A história é obra sua, portanto é você que tem que a encerrar, por isso, tenho certeza de que, qualquer que seja o fim, será surpreendente. Abraços. Estou ansioso pela parte IV.

    ResponderExcluir
  6. Ta ficando lindo! http://poesiadescartavel.blogspot.com/2011/08/antes-fosse.html nova la no sem compromisso, bjo.... curioso pelo final! Adios anjito!

    ResponderExcluir
  7. §Anjo§ que conto intenso, cheio de sentimentos..
    Está ficando lindo, aguardando sempre anciosa a continuação..

    Tenha um ótimo fim de semana!! bjs

    ResponderExcluir
  8. Oiie tenho um selinho para você no meu blog...

    É o primeiro da pagina de carinhos...

    http://mundodeisia.blogspot.com/p/carinhos.html
    bjos

    ResponderExcluir
  9. Obrigada pela visita. Claro que pode copiar. Os poemas são para alçar voos.

    Parabéns pelo conto.
    E agora, o que acontecerá?

    Só você pra nos dizer...

    Ótimo final de semana!

    Beijos :)

    ResponderExcluir
  10. oi amiga!!!
    Adorei seu conto!!!!Parabéns.
    beijos
    http://amorimortall.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  11. Que profundo querida!!!!
    Sempre é difícil lidar com a separação não é?!
    Porque não aceitamos com tanta facilidade!
    As vezes é preciso nos desligar de certas coisas!!!
    Ótimo fim de semana!!!
    Beijão

    ResponderExcluir
  12. Caraaaaca, adorei, adorei, adorei.
    Então... Continua, sério... Dá pra imaginar a cena bem formada, dá pra sentir o que a personagem sente, as palavras estão bem colocadas, a única coisa que você precisa fazer é revisar o erro de ortografia e concordância.
    Fora isso fará mais sucesso que o meu conto, tenha certeza. E sim aquele trecho que você leu começa mês passado ou retrasado a respeito de um assunto particularmente interessante como ouvi de alguns leitores. Espero que vc goste também. Beeeeijos linhasdesbotadas

    ResponderExcluir
  13. Muito bom...muito bom mesmo...quero saber o final dessa historia...
    A frase no meu blog é do filme CLICK...
    Espero vc mais vezes por la ta um beijão

    Um otimo domin go pra vc...

    Sinceramente: O Garoto do Blog.

    ResponderExcluir
  14. Êta lelê...isso vai dá briga:S #TENSOOOOO

    Paraabéns pelo conto, aguardo a continuação...bj bj

    ResponderExcluir
  15. Olá. Estou acompanhando ansiosamente. Observo que você escreve muito bem. Em breve, espero poder ver sua obra no papel. Agora, respondendo à sua pergunta, o valor do Pétalas ao Vento é R$ 20,00. Só não sei qual o preço do envio. Caso você confirme a compra, busco informar-me. Grande abraço.

    ResponderExcluir
  16. Anjinho! Que bom tê-la como seguidora para receber lindos comentários, sempre e sempre! ADORO! Assim como adoro ler o romance tão disputado nesse conto.
    Vale à pena continuar...


    Bjosssssssssssssssssssssssssssssssss

    ResponderExcluir
  17. Amada, que agonia, de saber como vai continuar, please, a 4ª parte urgente, tô amado, ai que situação a de Anna, aguardando ansiosa...sua fã

    Val

    ResponderExcluir
  18. Oi amada, sou eu a Val do Armazém quem postou e esta postando novemente, acontece, que estou tendo dificuldade de postar pela minha conta Google, então entrou como anônimo...bjos te adoro

    Val/Armazém da poesia

    ResponderExcluir
  19. Esse conto faz a gente viajar e quer viver algo parecido de tão profundo e sentimental que é, mas viver de uma forma que a gente mesmo pudesse fazer cada cena do nosso jeito.

    ResponderExcluir
  20. Achei muito foda o visual do blog, sobre o texto não é muito o meu estilo , mas é bem profundo

    ResponderExcluir
  21. Cara quantas viradas nesse conto, quero saber o final mas ainda sim fico no aguardo de mais três ou quatro partes pois realmente é muito envolvente. Muito bom mesmo Anita.

    Bruno do agoracarpediem.blogspot.com

    Obs: Concordo com o que a Natasha do Madness comentou.

    ResponderExcluir
  22. Parabéns pelo blog! E pelos lindos textos! Já estou seguindo :)

    ResponderExcluir
  23. Passando pra desejar uma ótima semana...


    Aguardo mais do conto! hehe'

    (:

    Bjoo grande pra ti! =*

    ResponderExcluir
  24. Anjinho.... eu vi sim que o banner deu um probleminha, rs, fico é muito grato por vc, poxa, nem mereço, muito obrigado, vc eh meu anjinho mesmo... meu e-mail é, odecimoterceiro@hotmail.com , e muito obrigado por gostar dos meus escritos...rs... eu acho q se eu insistir muito, ainda vou chegar lá.... bjão.... curioso pro fim do conto.... super-mega-hiper bjo carinhoso!

    ResponderExcluir
  25. não posso deixar de te parabenizar,,,belissimo blog, e ótimas palavras,voltarei mais vezes,,,
    abraç ^^

    www.1000artemanhas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  26. Nuss apesar de td estou adorando a historia acabei de ler a parte 4 esta perfeita boom toda historia tem ki ter essa viravoltas.
    boom estou passando para lhe deixar um bj e um abraço e parabens pelo blog elle esta show !!! depois da uma passadinha no meu blog e comenta se puder ok .
    By: Débora Cullen → do blog Twilight

    ResponderExcluir

Comentários: combustível do blogueiro!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...