quinta-feira, 28 de julho de 2011

Conto: A queda

Conto : A queda  Parte I

Um cigarro ardia entre seus dedos, à fumaça subia devagar cortando o ar gelado da noite, o som dos carros passando abafavam seus soluços. Suas mãos tremiam e seus olhos estavam embaçados pelas lágrimas. Caminhava rapidamente pela calçada úmida, não sabia para onde estava indo, mas não queria ficar parada.
_Porque ele fez isso?–ela pensava. Não conseguia compreender suas ações, o porque dos teus sentimentos parecerem tão frios. Talvez não tivesse alma ou um coração. Enquanto sua mente confabulava consigo mesma, sua raiva aumentava. Raiva por estar sofrendo, raiva por se sentir vulnerável.
Ela sabia que ele a amava, sentia isso quando seus lábios se tocavam, a cada abraço... Então porque simplesmente não assumia, é tão mais fácil fugir do amor e evitar a dor. Mas que tipo de pessoa foge e deixa a outra enfrentar as conseqüências sozinha?
Anna sempre soube que ele jamais estaria pronto para arriscar ferir-se, arriscar permitir que o vissem de verdade, mas ficou cega com a felicidade de estar nos braços dele, e esqueceu-se de focar em algo que estivesse firme.
Chegou ao estacionamento, onde havia deixado sua moto. Deu uma última tragada, apagou o cigarro na sola da bota e jogou a guimba na lixeira. Seu rosto estava inchado, borrado pela maquiagem desfeita. Respirou fundo, colocou o capacete, subiu na moto e deu a partida. _Que se dane!–pensou. Saiu em disparada pela avenida, sabia para onde ir, só queria que o tempo engolisse as últimas horas e que tudo voltasse para o lugar. Mas ela sabia que a partir de agora, tudo mudaria, e que teria que enfrentar a situação sem que isso causasse mais estragos do que já estava causando.
                                          Continua...
               Anita dos Anjos


Estou ouvindo She will be loved de Maroon 5 


I don't mind spending everyday
Out on your corner in the pouring rain
Look for the girl with the broken smile
Ask her if she wants to stay awhile
And she will be loved
She will be loved

Tap on my window knock on my door
I want to make you feel beautiful
I know I tend to get so insecure
It doesn't matter anymore


Não me importo de ficar todo dia
Na sua esquina debaixo de chuva
Procure a garota do sorriso partido
E pergunte se ela quer ficar um pouco
E ela será amada
Ela será amada

Toque na minha janela bata na minha porta
Eu quero fazer você se sentir linda
Sei que eu tendo a ser inseguro
Mas isso não importa mais



20 comentários:

  1. §Anjo§
    Adorei esse começo.. cheio de sentimento.. de emoção..

    Passando pra espiar, desejar uma ótima noite! bjs

    ResponderExcluir
  2. Sei que ele a ama.. mas parece que fugiu..

    Estou louca pra descobrir mais sobre esse conto! (:

    Parece demais.. acompanharei cada parte!!!

    bjuu

    ResponderExcluir
  3. Menina! Que legal esse seu conto...Já estou ansiosa pelo fim, mas quero te dizer que só não estive antes por aqui, pois estava com problemas na minha net. Tudo de bom sempre SAUDADES!!


    Bjosss

    ResponderExcluir
  4. Adorei o começo do conto... fiquei curiosaaaa...^.^

    E olha pare de ser moralista hein... a verdade é sempre melhor, doa o que doer, pessoas como vc não se pode confiar 100%, no maximo que podemos confiar é 50%, eu nunca sei quando vc e a Jô estão sendo verdadeiras e sinceras comigo... todos temos nossos defeitos e qualidades e é isso que nos diferenciam, mas nada disso impede que eu te ame do jeito que eu te amo... é a unica pessoa que considero amiga e vc sabe que sempre estarei com vc... eu amo vc, mesmo sendo boba, chorona, sensível, dura e muitooo mimada... mais eu te amo com todo meu coração, pois aceito vc como é e sei que vc também me aceita como eu sou!! Te amoooo... mais que anime e sorvete com bastante calda de chocolate...♥

    ResponderExcluir
  5. Nossa,amei o seu conto...parabéns!!!
    Estava inspirada hein!!!!
    Saudades!!!!!
    Desculpe andei sumida né?!Mas agora estou de volta para o lar doce lar...rs
    Super fim de semana!!!
    Querida,você pode apagar a postagem que removi?!
    Beijão flor

    ResponderExcluir
  6. Nossa, parece muito interessante. Gostei muito do comecinho. ^^
    Obrigada pela visita. Boa sexta.
    :X

    ResponderExcluir
  7. Gostei desse começo, meu Anjo...
    beijo do Abner

    abnerlmesmo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. É difícil lidar com a ausência, a dor. As emoções sempre à flor da pele. Fico aqui na expectativa...
    Muito bom!
    Agradeço pela presença e carinho.

    Lindo final de semana!
    Beijos :)

    ResponderExcluir
  9. Gostei muito,você capta muito bem as nuances do desespero,do apetite,do êxtase...Quero saber como termina,erspero que seja um final feliz,sópra variar e colorir esse meu mundo cinzento! Beijocas,Anita!

    ResponderExcluir
  10. Eita agora fiquei curiosa...ansiosa para ver a continuação.. parabens ficou muito bom.
    Beijosss

    ResponderExcluir
  11. Obrigada querida pela visita e pelo comentário, seja sempre muito bem vinda. Ótimo conto.


    Abraços...

    ResponderExcluir
  12. LINDO POST COMO SEMPRE...
    Minha adorável amiga:
    Sua presença é um presente para o mundo.
    Você é único e só há um igual a você.
    Sua vida pode ser o que quiser que ela seja.
    Viva os dias, apenas um de cada vez.
    Conte suas bençãos, não seus problemas.
    Você os superará venha o que vier.
    Dentro de você há muitas respostas.
    Compreenda, tenha coragem, seja forte.
    Não coloque limites em si mesmo.
    Muitos sonhos estão esperando para serem realizados.
    As decisões são muito importantes para serem deixada ao acaso.
    Alcance seu máximo, seu melhor e seu prêmio.
    Nada consome mais energia do que a preocupação.
    Quanto mais tempo se carrega um problema, mais pesado ele fica.
    Não leve as coisas tão a sério.
    Viva uma vida de serenidade, não de arrependimentos.
    Lembre-se de que um pouco de amor dura muito.
    Lembre-se muito disso: "dura para sempre".
    Lembre-se que a amizade é um investimento sábio.
    Os tesouros da vida são todas as pessoas.
    Perceba que nunca é tarde demais.
    Faça coisas simples e de forma simples.
    Tenha saúde, esperança e felicidade.
    Encontre tempo para fazer pedidos a uma estrela.
    E nunca jamais esqueça,por se quer um dia
    O quanto você é especial !!!
    E sempre se lembre Sorria !!!

    BEIJOS CARINHOSOS DA GIZA

    ResponderExcluir
  13. "Um cigarro ardia entre seus dedos, à fumaça subia devagar cortando o ar gelado da noite, o som dos carros passando abafavam seus soluços. Suas mãos tremiam e seus olhos estavam embaçados pelas lágrimas. "

    ME IDENTIFIQUEI MUITO
    se puder passa no meu
    http://comicaseironicasdaocronicas.blogspot.com/
    estou te seguindo

    ResponderExcluir
  14. Olá amiga!

    Passei para te desejar um ótimo final de semana e deparei-me com esse texto belissímo. Parabéns!!
    Volte a me visitar, te espero com todo carinho.

    Abraços

    ResponderExcluir
  15. Obrigada pela visita! Um post maravilhoso!Seu blog é nota 10! Acabo de atualizar!Passa lá! Beijos e bom fim de semana! Alê

    ResponderExcluir
  16. que coisa mais linda!!!!
    Passando para te visitar e desejar uma linda semana.
    beijos
    http://amorimortall.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  17. - Adoreeeei o inico da história e estoou louca pra ler a continuação .. Posta logoo, vaai ? rs.
    #curisidade tá grande .

    apenasumagarota19.blogspot.com

    ResponderExcluir
  18. Olá Anita! Incirvel seu conto! Tanta emoção e romance! adorei mesmo, já li as duas primeiras partes, esta fabuloso! Logo lerei as demais! Blog lindo o seu!
    Bjs

    http://daimaginacaoaescrita.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  19. Oi minha amada e sensível amiga, você consegue mesmo se superar a cada postagem... tem o dom das palavras e de prender nossa atenção, como se isso não fosse o bastante, ainda ilustra seus textos com imagens lindas...cada dia mais sua fã

    Val

    ResponderExcluir

Comentários: combustível do blogueiro!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...